new icn messageflickr-free-ic3d pan white
View allAll Photos Tagged sistemas+de+vigilancia

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

Canon AE-1 Program

Canon FD 50mm f/1.8

Fujifilm ProPlus II ASA 200

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

La Torre del Aguiló se alza sobre un acantilado de empinado acceso situado junto a la urbanización Cales y Atalayes, en el municipio de Vila Joiosa, en la comarca de La Marina Baixa de la provincia de Alicante, muy cerca de los términos municipales de Finestrat y Benidorm.

Se trata de una torre defensiva renacentista construida en el siglo XVI bajo el reinado de Felipe II, que formó parte del sistema de vigilancia costera contra la piratería.

***

The Torre del Aguiló stands on a steep access cliff located next to the Cales y Atalayes urbanization, in the municipality of Vila Joiosa, in the La Marina Baixa region of the province of Alicante, very close to the municipal terms of Finestrat and Benidorm

It is a Renaissance defensive tower built in the 16th century under the reign of Philip II, which was part of the coastal surveillance system against piracy.

 

MIS ALBUMNES

 

OTRA FORMA DE VER MI GALERIA. Mira todas mis fotos y amplia la que quieras

 

MIS FOTOS MÁS POPULARES SEGÚN VUESTRO CRITERIO.

 

Puedes seguirme en 500px.com/pabloarias

 

Y ahora también en FACEBOOK

 

Instagram

 

GOOGLE PLUS

 

 

Mis blogs:

Un valle llamado Madrid y

Fracciones de segundo

 

PORTFOTOLIO

 

Esta torre hexagonal está situada en la Punta de la Azohia. Tiene 70 metros de altura y forma parte del sistema de vigilancia costera que se construyó en el s. XVI para proteger la costa de Cartagena de los ataques berberiscos, muy habituales por esa época.

 

This hexagonal tower sits on the Punta de la Azohía cliff, in the municipality of Cartagena, and is 70 meters high. The tower was intended mostly for surveillance of sea traffic and defense against Berber pirate attacks.

Esta torre hexagonal está situada en la Punta de la Azohia. Tiene 70 metros de altura y forma parte del sistema de vigilancia costera que se construyó en el s. XVI para proteger la costa de Cartagena de los ataques berberiscos, muy habituales por esa época.

 

This hexagonal tower sits on the Punta de la Azohía cliff, in the municipality of Cartagena, and is 70 meters high. The tower was intended mostly for surveillance of sea traffic and defense against Berber pirate attacks.

El penyal d'Ifac (Ifach en ortografia antiga, pronunciat sempre [i'fak]) és una penya aïllada, localitzada a la població de Calp (Marina Alta, País Valencià), de 332 m d'altura, que s'endinsa en la mar Mediterrània, formant una petita península.

Aquest paratge de 47 hectàrees va ser declarat parc natural pel govern valencià el 28 de gener de 1987.

El penyal d'Ifac és una enorme massa calcària que cau de manera abrupta des de 332 m d'altitud fins al mar. Està unit a terra per un istme detrític. Per les seues característiques físiques, és un vèrtex geodèsic de tercer ordre que en el seu moment fou utilitzat per a la triangulació d'Espanya.

A començament del segle XIX es va obrir un túnel que travessa una de les parets per la part nord-est. Des de llavors es pot ascendir per un camí fins al cim.

Al seu entorn destaquen les Salines de Calp que, segons Jessen, formaven una llacuna que, en temps dels grecs, s'estenia des del penyal fins a les muntanyes més pròximes. Posteriorment, va ser tancada per un cordó i reblida per arenes transportades pel vent. La llacuna fou convertida més tard en salines, que van ser abandonades al segle XVII per a després ser novament recuperades.

Amb 45 hectàrees protegides, es tracta d'un dels parcs europeus de menor extensió. Tanmateix, les característiques bioclimàtiques, la naturalesa dels seus sòls bàsics, la situació i l'orientació, confereixen una gran singularitat i varietat a la seua vegetació. En les seues Observaciones (1795), el botànic Cavanilles ja va saber apreciar la riquesa de flora i fauna d'aquest monument natural.

Al penyal d'Ifac s'han establit diversos poblats des de temps remots. Al peu del massís, en el seu vessant occidental, es va establir un poblat iber entre els segles IV-III a.C. En època romana, la població va descendir a l'istme que uneix el penyal amb el continent, però troballes de ceràmiques i peces numismàtiques permeten afirmar que a l'edat mitjana es van tornar a habitar els vessants del penyal. Tanmateix, els continus atacs de navegants des del mar obligaren els habitants a descendir cap al poble de Calp i crear un sistema de vigilància per a fer front a les incursions pirates.

Molt a prop, a la platja de Bol, es conserven les ruïnes dels "Banys de la Reina", que ja va descriure Escolano, i on Cavanilles va descobrir l'existència d'una antiga mansió de caràcter aristocràtic. Els especialistes apunten que es devia tractar d'una factoria romana dedicada a granja de peixos o a l'elaboració del garum romà (conserves de peix).

El penyal d'Ifac va pertànyer al municipi de Calp fins al 1862, any en què va passar a mans privades. Posteriorment va anar passant per distints propietaris fins que va ser adquirit per la Generalitat Valenciana poc abans de la seua declaració com a parc natural.

Durant aquest període de més de cent anys en què el penyal ha sigut propietat privada, s'han succeït actuacions de diversa índole. A principi de segle s'hi van construir dos camins pel seu vessant septentrional: el que dóna accés a la base, on s'aixecaren dos habitatges; i el que ascendeix fins al cim, incloent-hi el túnel que permet salvar la paredassa de la cara nord.

con sistema de vigilancia

serie de 16 imágenes, en un peregrinar, intentando localizar al SOL,como fuente de belleza pero descubrí sus resultados en combinación con el agua

Sistema de vigilancia por computadora que permite, capturar video y fotografías de manera programada además de enviar las imágenes a travez de internet.

El nuevo sistema de vigilancia en las calles: Picos, Mariñas y Vista.

 

See where this picture was taken. [?]

Mirador de la Balconada del Mediterrani de Benidorm (Alacant). La gran roca que separa les dues platges va servir de base per a l'antiga fortalesa, utilitzada com a sistema de vigilància davant els atacs dels pirates berberiscos. Avui les seves restes es troben sota la imatge més emblemàtica de Benidorm, coneguda com "la balconada del Mediterrani", amb el seu balaustrada de pedra blanca i el seu mirador.

Benidorm (Alacant) 11/6/2011

Essa aeronave faz parte do progeto SIVAM ( Sistema de Vigilância da Amazônia,{Amazon Surveillance System})

Xalapa, Ver., 17 de Mayo de 2010.- El gobernador Fidel Herrera Beltrán y el alcalde David Velasco inauguraron la segunda etapa del sistema de vigilancia de la secundaria General 1. Este nuevo proyecto se extenderá por el momento a tres escuelas más, otra en Xalapa y dos en la ciudad de Veracruz, informó el coordinador del Centro Estatal de Control, Comando, Comunicaciones y Cómputo (C-4) Arturo Bermúdez Zurita. Con este sistema, los papás no sólo podrán vigilar lo que hacen sus hijos en cada rincón de la escuela, sino también al exterior de ella, donde se encuentran colocadas algunas cámaras con la intención de evitar que personas extrañas se acerquen a los jóvenes. Momentos antes de la inauguración el mandatario veracruzano, detalló que las cámaras fueron adquiridas por los padres de familia y autoridades estatales, mientras que el C-4 se encargó de su instalación y puesta en operación.

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

O Centro de Vigilância Epidemiológica "Professor Alexandre Vranjac", por meio da Divisão de Doenças Crônicas não transmissíveis promoveu, no dia 28 de setembro, encontro sobre o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional Sisvan Web Versão 3.0.

 

O SISVAN Web é um sistema informatizado que tem por objetivo consolidar os dados referentes às ações de Vigilância Alimentar e Nutricional, desde o registro de dados antropométricos e de marcadores de consumo alimentar (medidas corporais) até a geração de relatórios.

 

Todo município brasileiro deve ter um responsável pelo SISVAN cadastrado no Sistema de Cadastro de Gestores de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, que deve ser o responsável pelo cadastro de técnicos locais.

 

Quem ministrou a palestra foi a Dra. Adriana Bouças Ribeiro, coordenadora estadual das ações de alimentação e nutrição de São Paulo.

 

En el sistema de vigilancia

Avenida Beira Mar esquina com Antônio Quintino Pires, Piçarras Beach

sistema de vigilância para proteger... os monges de Ginkaku-ji?

1