Categoria municipária antecipa greve para próxima segunda (25/3)
Em Assembleia Geral Extraordinária dos Municipários de Porto Alegre, realizada nesta quinta-feira (21/3), no auditório do Simpa, foi deliberada a antecipação do movimento paredista (greve) dos servidores da Prefeitura da Capital, com início às 7 horas da próxima segunda-feira (25/3), para lutar contra o PLCE 02/2019.
A agenda de luta começa às 8h30, em frente à Câmara de Vereadores, e se estende ao longo do dia e da tarde, quando o projeto irá à votação.
A categoria tomou esta decisão após manobra do governo Marchezan e vereadores aliados, que priorizaram a votação do PLCE 02/2019 no dia 25, durante reunião do colegiado de líderes dessa semana. O projeto é uma reedição do PL 08/18, derrotado no ano passado graças à luta da categoria municipária. A nova versão continua atacando a carreira dos servidores com a extinção da progressividade e dos regimes e com alterações nos avanços. (Veja aqui o conteúdo do PLCE 02/2019).
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Nesta noite (21/3), às 19h, ocorre a Audiência Pública para debater o PLCE 02/2019. O projeto foi encaminhado pelo prefeito, em regime de urgência, sem nenhum processo de discussão com o Simpa e os municipários. O recurso possível foi pedir à Mesa Diretora a realização de audiência pública, solicitação acatada pela presidente da casa.

MOÇÃO DE APOIO:
Os municipários em assembleia geral propõem aos órgãos de segurança o reforço e ampliação de ações de segurança para evitar que ocorram atentados aos estudantes do Campus do Vale da UFRGS conforme a descoberta de planos que visam atentar contra a vida de mulheres e negros que lá estudam.
30 photos · 4 views