new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Museu Nacional da Quinta da Boa Vista - Rio de Janeiro | by .**rickipanema**.
Back to photostream

Museu Nacional da Quinta da Boa Vista - Rio de Janeiro

Historia

 

A área onde se localiza a Quinta da Boa Vista fazia parte de uma fazenda que pertencia aos Jesuitas nos Seculos XVI e XVII, com a Expulsão da Ordem em 1759 a fazenda foi loteada e vendida a terceiros.

 

Na epoca da chegada da Familia Imperial ao Brasil em 1808, a Quinta era de propriedade de um Comerciante Portugues Elias Antonio Lopes, que tinha erguido em 1803, um casarão sobre uma colina, de onde se tinha uma boa vista da Baia de Guanabara e que deu origem ao nome de Quinta da Boa Vista.

 

Com a chegada da Corte Portuguesa ao Brasil em 1808, cerca de 15 mil pessoas vieram de Portugal em 14 navios. Sob ordem de D.Joao VI os moradores tiveram suas casas tomadas e foram despejados, um funcionario chegava na casa e pintava na porta as iniciais P R ( Principe Regente) que o humor carioca ja existente na epoca apelidou de Posto na Rua.

 

Elias sendo conhecido como proprietario da melhor residencia do Rio de Janeiro, antecipou o despejo de sua familia e doou a sua propriedade ao Principe Regente, Elias nesta estrategia ao oferecer de bom grado tamanho tesouro, foi recompensado com uma outra propriedade que embora fosse mais simples, mas bastante boa comparada com a possibilidade de não ter nenhuma caso nao tivesse avançado tão habilidosamente. O Principe sentiu-se muito Honrado com o gesto e dando status e mantendo amizade com o Comerciante, o que lhe rendeu posteriormente grandes lucros, A Quinta passa entao ser moradia permanente no Brasil.

 

Para acomodar a Familia Real o Casarão mesmo sendo confortavel necessitou ser adaptado, mas a reforma mais importante iniciou-se na Epoca do Casamento do Principe D. Pedro e Maria Leopoldina da Austria.

Foi encarregado do projeto o arquiteto Ingles John Johnston, que alem da reforma do paço instalou um Portão Monumental em sua entrada, presente de casamento do Duque de Northumberland, este portão foi inspirado no portico de Robert Adams para a Sion House, este portão encontra-se hoje na entrada principal do RioZoo ao lado do Paço ( Foto - Sequencia)

 

As linhas arquitéctonicas do Paço de São Cristovão como era chamado, assemelha-se ao PALACIO DA AJUDA, que acabou deixado inacabado em Lisboa, ganhado o da Quinta o relevo merecido com a nova Capital dos Reinos.

 

No Paço de São Cristóvão, viveram D. João VI, D. Pedro I e D. Miguel e, posteriormente, as imperatrizes D. Leopoldina, D. Amélia e D. Teresa Cristina. Ali nasceram D. Pedro II, D. Maria da Glória (Futura Rainha de Portugal) e a Princesa Isabel e tambem veio a falecer a Imperatriz Leopoldina de Parto em 1826. Homens ilustres como José Bonifácio de Andrada e Silva freqüentaram o Palácio e participaram da História do país.

 

O Palácio foi residência da Família real de 1808 a 1821; pertenceu à família imperial de 1822 a 1889; abrigou a primeira Assembléia Constituinte Republicana de 1889 a 1891 e é sede do Museu desde 1892.

 

Hoje o Palacio é administrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e abriga o Museu Nacional, um dos maiores e mais importantes Museus do Mundo, sendo o maior Museu em Historia Natural e Ciencia do Hemisferio Sul.

  

 

Foto: Museu Nacional da Quinta da Boa Vista - Rio de Janeiro - Brasil

 

Todas as fotos foram tiradas no mesmo dia, neste dia tinha marcado com o Igor que não conhecia de ir no Jardim Botanico, mas devido a um problema de ultima hora acabamos indo na Quinta da Boa Vista

14,883 views
26 faves
81 comments
Taken on September 18, 2010