A ARTE DE RESISTIR - Shopping Center Lapa
EXPOSIÇÃO FOTOGRAFICA A ARTE DE RESISTIR
O Dia do Comerciário ou Dia do Comércio é celebrado anualmente em 30 de outubro no Brasil, porém em algumas capitais, existem alterações de data, prevalecendo as comemorações sempre no mês de outubro. Em Salvador a data oficial é 23 de outubro.
A exposição A ARTE DE RESISTIR busca retratar o saber-fazer de cada ofício, sua resistência no tempo e presença no espaço urbano de Salvador. Traz em si o registro imaterial desses artífices, em seus produtos e serviços exercidos em alguns casos ainda de forma autônoma, sem formalização, com domínio completo do processo e transmitindo o saber-fazer, em casa ou em suas oficinas.
O valor do conhecimento, a habilidade conquistada e/ou herdada, as inúmeras identidades que os usuários de seus produtos e serviços compõem ao longo da vida são motivos suficientes para convidar a apreciar esta exposição. Ao estranhar a proximidade destes fazeres invisibilizados pelas práticas cotidianas e consumo excessivo, criam-se conexões com conhecimentos vividos (e perdidos) no espaço da memória. Neste contexto, o projeto objetiva o resgate e reconhecimento do potencial humano desempenhado por estes artífices o que configura também caráter inclusivo no cotidiano diário do Comércio de Salvador.
Motivada por este movimento o projeto tem a concepção e a curadoria de arte de Patricia Mello.
OBJETIVO GERAL
Apresentar de forma didática e exposição fotográfica alguns ofícios antigos desde a ótica do Patrimônio Cultural Urbano, buscando as permanências no tempo e no espaço. Enfoque a partir das relações destes ofícios com a cidade do Salvador, ao registra-los em seu fazer – materiais, ferramentas de trabalho. Fotografias registradas in loco com pessoas reais. Através da exposição iremos dimensionar os conhecimentos acumulados no cotidiano, registrando vidas, tão invisíveis quanto imprescindíveis para a cidade.
Alguns ofícios participantes desta exposição: barbeiro, alfaiate, sapateiro, carpinteiro, serralheiro, empalhador de cadeiras, ourives, luthier, modista, lapidário, cuteleiro, tearista, alfa barristas ou livreiro, entre outros.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Apresentar ao público o registro ofícios antigos presentes ainda hoje em Salvador, promovendo a valorização e homenagem para estes artífices;
Fortalecer relações de pertencimento através dos saberes e suas relações com a memória afetiva dos participantes; mesmo com o advento de novas tecnologias no Comércio de produtos e serviços.
FICHA TÉCNICA
Curadoria de Arte /Coordenação Geral – Patricia Mello - consultora empresarial, produtora de eventos, administradora de empresas, jornalista. Sócia e diretora comercial da empresa Pimenta de Cheiro Marketing e Entretenimento.
Fotografia – Alessandro Fernandes - Com o trabalho centrado nas expressões da diversidade e apaixonado pela arte de capturar a vida real, desde 2016 transformou seu hobby e sua paixão em profissão, atuando como fotógrafo freelance. Nascido em Salvador e formado em administração, com pós-graduação em Desenvolvimento Regional. Alguns dos seus trabalhos estiveram registrados na publicação da revista “Aurora da Rua”, n.64/2017.
Produção: Robson Santos – gestor das áreas operacionais e administrativa, publicitário, produtor cultural. Sócio e diretor administrativo da empresa Pimenta de Cheiro Marketing e Entretenimento.
Realização: Pimenta de Cheiro Marketing e Entretenimento www.pimentadecheiro.com.br

PATROCINIO MINILAB
APOIO INSTITUCIONAL FECOMÉRCIO

APOIO
Armazém Cenográfico TCA
SH Center Lapa
Redes Sociais
FACEBOOK @aartederesistir
Instagram @artederesistir
25 photos · 22 views