new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Red gate | by LusoFox
Back to group

Red gate

Cabo Espichel lighthouse

Portugal

 

1790. Active; focal plane 168 m (551 ft); white flash every 4 s. 31 m (102 ft) tapered hexagonal stone tower with lantern and gallery, rising from a large 1-story keeper's complex. 4th order Fresnel lens in use. The lighthouse is covered with white tiles except for unpainted stone trim; lantern roof painted red. Fog horn (one 8 s blast every 31 s). Cabo Espichel is a very prominent cape about 27 km (17 mi) south of the Tagus. Monks of the monastery of Nossa Senhora do Cabo (Our Lady of the Cape) are said to have displayed navigational lights here as early as the 15th century. Serving as a landfall light for Lisbon, the lighthouse was long considered one of the more important in the country. The site is rather isolated; the lighthouse was not electrified until 1989, and it is still staffed by rotating crews of three keepers. Located atop a spectacular vertical cliff about 11 km (7 mi) west of Sesimbra. Site open; the navy's web page indicates that tours are sometimes offered on summer evenings.

 

www.unc.edu/~rowlett/lighthouse/prt.htm

 

-----------------------------------------------------

 

O farol do Cabo Espichel é um farol português que se localiza no cabo de mesmo nome, em Sesimbra, freguesia do Castelo, Distrito de Setúbal, Portugal.

Torre hexagonal de alvenaria e edifícios anexos.

 

Há notícias que já em 1430 a irmandade de N.S.ª do Cabo tinha instalado um farolim predecessor do actual farol.

A torre actual foi inaugurada em 1790, em 1865 era alimentado por azeite, mudando de combustível em 1886, quando a sua luz passou a ser alimentada por incandescência de vapor de petróleo e, muito mais tarde em 1926 por electricidade.

Em 1983 este farol tinha instalado um aparelho iluminante chamado de primeira ordem que emitia luz em grupos de quatro clarões brancos, em vez do antigo sistema de luz fixa. Com este novo sistema passou a ter um alcance luminoso de vinte e oito milhas náuticas (quarenta e cinco quilómetros).

A estrutura de apoio ao farol foi aumentada para os lados por volta de 1900.

Em 1947 entrou numa nova era no que diz respeito à iluminação. Foi montado um aparelho óptico aeromarítimo, que já tinha estado ao serviço do Farol do Cabo da Roca. Esta nova óptica dióptica - catadióptica chamada de quarta ordem, um modelo de grandes dimensões, apresenta trinta centímetros de distância focal, produzindo lampejos simples, agora com um alcance luminoso de quarenta e duas milhas náuticas (cerca de sessenta e sete quilómetros).

 

pt.wikipedia.org/wiki/Farol_do_Cabo_Espichel

 

20110827_500D_IMG_1824_CaboEspichel

2,473 views
4 faves
27 comments
Taken on August 27, 2011