Solo Exhibition Olho d'água - Lilian Maus
Vinte e três lagoas delineiam a cidade de Osório, onde Lilian Maus passou parte da infância e há sete anos resolveu voltar para instalar seu ateliê. Essa planície litorânea, repleta de charcos, ao ser entrecortada pela Serra Geral, atua como um corredor para os fortes ventos que cortam permanentemente a região, alimentando não apenas os cataventos da usina eólica instalada, como também as histórias fantásticas contadas pela comunidade. As lagoas da região são fontes de inúmeras lendas. Depois da exposição Soçobro (2017), em que Lilian resgatou, por meio de pinturas, fotografias, artigos de jornal e mapas, a história do maior naufrágio lacustre do Rio Grande do Sul, ocorrido na lagoa da Pinguela, é a vez da lagoa dos Barros atuar como objeto de trabalho da artista. A partir da parceria artística com Muriel Paraboni e contando com a participação do pescador local José Ricardo, a artista cria um enredo fantástico narrado através do vídeo, da pintura e da fotografia que, a partir de uma travessia silenciosa por águas doces, pescam os mistérios dessa paisagem melancólica.
101 photos · 148 views
1