flickr-free-ic3d pan white

Obelisco

Os obeliscos negros

Entrecortam os tumores

Secos pelos séculos

Tornam-se a máscara

As colmeias guardam o raio de mel

O sopro na quarta parcela da cortina

Onde eu já posso estar aqui e lá

Onde não haverá longe

Porque não haverá espaço

Em que caiba o tempo de um passo.

 

2,748 views
65 faves
23 comments
Taken on February 27, 2012