new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Untitled | by Fernando Schubach
Back to photostream

Ora, aqui estão as rugas do meu rosto!

Afinal chegaram!

Entraram sem bater e se instalaram

À inteira revelia do meu querer!

Não vou tratá-las como amigas, não.

(Não são!)

Algumas, se eu tiver sorte,

Pretendo eliminar

Como aos antigos portadores de notícias más.

(Pois rugas falam pelo Tempo e pela Morte.)

Nem vou mentir que me orgulho

Da derrota que me impõem,

Porque as definitivas vitórias serão suas!

Minhas rugas...

Mas preciso aprender

A não ser

Também inimiga do campo da sua conquista:

O meu corpo... a minha alma!

Que eu por inteira seja vista,

Sem me ocultar.

Saberei levá-las pelas ruas

Sob qualquer olhar,

Ante todos os espelhos!

E será como se elas houvessem estado

Sempre comigo: e não me conquistado.

(Terei, ao menos, desmoralizado

A sua vitória.)

E ninguém mais dirá: " Para você o tempo não passa”.

Passa!

Que não me ofenda a negativa.

E, enquanto eu for viva,

Só vou querer, agora,

Receber e aceitar o epíteto

"SENHORA”!

 

1,888 views
66 faves
124 comments
Taken on September 26, 2007