new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Coral Brasileirinho - Foto: Cido Marques© 2015 | by Fundação Cultural de Curitiba FCC
Back to photostream

Coral Brasileirinho - Foto: Cido Marques© 2015

33ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA

 

Coral Brasileirinho

no Show VOCÊ JÁ FOI À BAHIA?

Espetáculo Comemorativo aos 100 anos de Nascimento de Dorival Caymmi

25 de Janeiro de 2015, às 21h – Teatro da Reitoria da UFPR

 

Direção artística: Helena Bel e Milton Karam

Participação Especial: Zé Luiz Mazziotti

 

Coral Brasileirinho

Em 2014 o Coral Brasileirinho chegou à sua maioridade, completando 21 anos de boas histórias com a sua matéria-prima que é a Música Popular Brasileira. E que matéria-prima! Essa maravilhosa diversidade musical associada à pluralidade de talentosos compositores faz com que as crianças e jovens cantores do Brasileirinho não só aprendam a cantar ou interpretar cenicamente as canções, mas, sobretudo se envolvam com o Brasil que se descortina, que se revela a partir das letras, melodias e ritmos dessas músicas.

Para comemorar esta caminhada e este constante amadurecimento artístico, o Brasileirinho presta sua homenagem a Dorival Caymmi e aos 100 anos de seu nascimento com o espetáculo “Você Já Foi à Bahia?”. Para quem já a conhece ou para quem nunca foi até lá, as músicas do show respondem muito bem a essa pergunta, porque sintetizam e traduzem a genialidade do Mestre Dorival em retratar a sua terra natal, suas paisagens, sua culinária, suas mulheres dengosas, seus pescadores, enfim, sua história de vida.

Como é prazeroso mergulhar fundo na obra de compositores que cantam e promovem nossa cultura, nossas tradições e exuberam os encantos de suas cidades, de seus estados, do nosso país. Nos abrasileiramos mais e mais, em cada encontro, em cada ensaio, em cada canção que começa a tomar forma dentro e fora de cada um de nós, diretores, músicos e cantores.

Bem, mesmo que você já tenha ido à Bahia, sinta-se em casa e convidado a participar conosco desta viagem musical festiva, comemorativa e tão representativa para a música brasileira.

  

Programa

(1941) Você já foi a Bahia?

(1956) Maracangalha

(1939) O que é que a baiana tem?

(1965) História de pescadores (Canção da partida e Adeus da esposa)

(1977) Milagre

(1945) Peguei um Ita no norte

(1959) Eu não tenho onde morar

(1972) Eu cheguei lá

(1941) Rosa Morena

Nunca mais / Só louco

Doralice/Vestido de Bolero/ Requebra que eu dou um doce/ Saudade da Bahia

(1992) Vamos falar de Tereza (parceria com Danilo Caymmi)

(1940) O samba da minha terra

(1941) Acalanto

(1941) O dengo que a nega tem

(1942) Vatapá

 

Cantores do Brasileirinho

Ana Paula Pepplow Parodi, Andréas Michael Widerpelc, Beatriz Cappelini, Camila Mazur Rodrigues, Camille Sampaio Bom de Oliveira, Carmela Ravara, Cecília Carollo Rebollo, Darah Iohana Meira Santos, Flávia Menz Sarturi, Gabriel Garcia Faria, Gabriel Torres Porfírio, Gabriela de Camargo Mafuzo, Gabryel Kenji Cipriano Misato, João Ribelato Rusciolelli, Joaquim Francisco Worms Costa, José Eduardo Worms Costa, Liora Kunifas Suarez, Livia Badotti, Lucas Vicenzo Rei Salgado Vieira, Maiara Back de Almeida, Manish Chmielewski Furlan, Manuela Zanardini Sandino da Gama, Maria Luiza Leger de Oliveira, Melina Augusta Cortes Azubel, Otto Engelhardt Brasileiro, Rafaela Carla Widerpelc e Victoria Wendler.

 

Helena Bel – direção musical

Cantora e violinista, Helena Bel tem Licenciatura em Música pela Faculdade de Artes do Paraná e é especialista em Educação Musical/Coral pela Faculdade de Música e Belas Artes do Paraná. Como cantora, já participou de vários grupos vocais e cênicos, entre eles “O Abominável Sebastião das Neves”, “Allegro Ma Nom Presto” e “O Tao do Trio”, entre outros. Dirigiu dois grupos vocais infantis: o Corda Vocal e o Coral Fraldinhas. Ganhou o 1º lugar no Concurso para Intérpretes da MPB do SESC da Esquina, em 1993. Planejou, desenvolveu e realizou o 1º concurso artístico infantojuvenil do projeto Karatê Piá no Esporte. Como violinista, foi spalla, de 1992 até 2001, na Orquestra do Conservatório de MPB de Curitiba, fundada por Roberto Gnattali. Foi regente assistente da Orquestra À Base de Corda na sua primeira formação com cordas de arco e é violinista da atual Orquestra À Base de Corda. É professora do Conservatório de MPB de Curitiba desde 1996 e professora de violino na Escola de Música Suzuki, onde também dirige a parte vocal e cênica dos musicais realizados anualmente pela escola.

 

Milton Karam – direção cênica

Integrou os grupos “Canto Livre“ e “Acorde” (1980 a 1985). Dirigiu o Coral Caracol com Simone Cit (1989 a 2002), com quem criou o Coral Brasileirinho, em 1993. Coordenou o Setor de Produção Musical do Conservatório de MPB de Curitiba (1995 a 2003). Ministrou cursos de Coral Infantil nas Oficinas de MPB de Curitiba e nos Festivais de Inverno de Antonina-PR (1996 a 2002). Com a canção “Natureza” foi o vencedor da Gala Nacional de Pequenos Cantores (2003) e do Festival da Canção Ecológica do Paraná (2004). Entre 2001 e 2014, compôs 106 canções infantis para a Escola Trilhas, registradas em 08 CDs, dos quais o “Mundiverso” (2008), em parceria com o Colégio Stagium (Diadema-SP) e a Produtora Cultural Parabolé foi finalista do Prêmio da Música Brasileira de 2009 na categoria Melhor Disco Infantil. Tem parcerias musicais com Fábio Zacharias, Jairo Carvalho, Cláudio Menandro, Waltel Branco, Rosa Fontoura e José Oliva. Em 2013 lançou pela Editora Parabolé os livros “Conversas com Versos” com ilustrações de Kátia Horn e “Era uma Vez um Dom e os Três”, ilustrado por Rennan Negrão. Com o Produtor cultural, educador, músico e pesquisador Nélio Spréa, lançou em 2014 o livro “A Grande Roda de Histórias”.

 

Ficha Técnica:

Direção Artística - Helena Bel e Milton Karam

Técnico de Som – Chico Santarosa

Técnica de Luz – Nadia Luciani

Criação, Confecção de Figurinos e Imagens - Cristine Conde

Figurinos do Acervo - Kátia Horn

 

Músicos:

Piano e Teclado - Cristina Castro Loureiro

Baixo Elétrico - Bruno Karam

Bateria - Johnny Dionysio

Percussão – Luís Rolim

 

Produção – Bete Carlos

Contrarregras – Eduardo Silva e Marlon Skrusinski

 

Vídeo

Documentário “Um Certo Dorival Caymmi”, de Aluísio Didier

 

Imagens

Disponíveis na Internet

 

1,920 views
0 faves
0 comments
Taken on January 25, 2015