new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Série com o Pica-pau-carijó ou Pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros) - Carpintero Real - Series with the Green-barred Woodpecker - 08-07-2012 - IMG_1833 | by Flávio Cruvinel Brandão
Back to group

Série com o Pica-pau-carijó ou Pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanochloros) - Carpintero Real - Series with the Green-barred Woodpecker - 08-07-2012 - IMG_1833

Fotografado em Brasília-DF, Brasil.

Veja um vídeo, clicando no endereço a seguir:

br.youtube.com/watch?v=mkiF2fXjUxY

Pica-pau carijó ou pica-pau-verde-barrado - Green-barred woodpecker (Colaptes melanochlorus), Família Picidae, Melanerpes candidus.

É uma ave rara nas cidades, mas pode ser encontrada às margens do Lago Paranoá, em Brasília-DF, Brasil.

O texto a seguir, em português, foi reproduzido do endereço www.eln.gov.br/Pass500/BIRDS/1birds/p202.htm do site "Brasil 500 pássaros", onde é possível ouvir o seu lindo canto.

Família: Picidae Espécie: Colaptes melanochloros

Comprimento: 26 cm. Presente desde a foz do Rio Amazonas (Ilha de Marajó) até o Nordeste, em direção sul até o Rio Grande do Sul e para oeste até o Mato Grosso. Encontrado também no Paraguai, Argentina e Uruguai. Comum em cerrados, caatingas, campos com árvores e na borda de florestas de terra firme e florestas de galeria. Costuma permanecer no penacho das palmeiras e em galhos, alimentando-se suspenso sob os ramos. Desce até os arbustos e o solo para se alimentar de formigas. O macho possui uma estreita faixa vermelha nas laterais da cabeça, próximo à parte inferior do bico. Conhecido também como pica-pau-carijó (Rio de Janeiro). Costuma permanecer no penacho das palmeiras e em galhos, alimentando-se suspenso sob os ramos. Desce até os arbustos e o solo para se alimentar de formigas. O macho possui uma estreita faixa vermelha nas laterais da cabeça, próximo à parte inferior do bico. Conhecido também como pica-pau-carijó (Rio de Janeiro).

See a video in the following address:

br.youtube.com/watch?v=mkiF2fXjUxY

Another text in English, from the address www.iucnredlist.org/search/details.php/47386/summ :

This species has a large range, with an estimated global extent of occurrence of 7,100,000 km2. The global population size has not been quantified, but it is believed to be large as the species is described as 'frequent' in at least parts of its range (Stotz et al. 1996). Global population trends have not been quantified, but the species is not believed to approach the thresholds for the population decline criterion of the IUCN Red List (i.e., declining more than 30% in ten years or three generations). For these reasons, the species is evaluated as Least Concern.

History

1988-Lower Risk/least concern (BirdLife International 2004)

1994-Lower Risk/least concern (BirdLife International 2004)

2000-Lower Risk/least concern (BirdLife International 2000)

The species name melanochloros derives from the Greek melanos, meaning "black", and chloros, "pale green", the principal colors of this bird.

 

En Español desde ar.geocities.com/pajarosargentinos1/carpinreal.htm :

Carpintero real

DESCRIPCION:

El carpintero real mide cerca de 23 cms.

De cara color crema, malar rojo, vientre amarillo, en el pecho, punteado y barrado de negro, corona negra, nuca rojo brillante. Zona dorsal crema barrado de negro.

La hembra se diferencia del macho por tener el malar negro aunque algunos citan que el dimorfismo sexual esta dado por la cantidad de color amarillo en el vientre.

HABITAT Y COMPORTAMIENTO:

Viven en campos, bosques, zonas rurales y urbanas. Se alimentan principalmente de insectos, especialmente de hormigas, en algunas ocasiones tambien consumen frutos.

Su nido lo fabrican haciendo huecos en los troncos de arboles y la hembra deposita entre 3 y 4 huevos, los que en algunos casos son incubados por ambos miembros de la pareja.

DISTRIBUCION GEOGRAFICA:

En Argentina: en todo el país.

América: en Argentina, Paraguay, Brasil, Uruguay y Bolivia.

ITUACION ECOLOGICA ACTUAL:

Apreciado por el hombre y al incrementarse su ambiente preferido con zonas de arboles cultivados y postes de red eléctrico, su situación ecológica actual y futura no corre peligros.

1,111 views
1 fave
10 comments
Taken on July 8, 2012