new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Fêmea de Coleiro-baiano - Papa-capim-capuchinho - Female of a Yellow-bellied Seedeater (Sporophila nigricollis) - 5 - 120 21-03-2008 766 | by Flávio Cruvinel Brandão
Back to group

Fêmea de Coleiro-baiano - Papa-capim-capuchinho - Female of a Yellow-bellied Seedeater (Sporophila nigricollis) - 5 - 120 21-03-2008 766

Coleiro-baiano ou Papa-capim-capuchinho (Sporophila nigricollis).

A seguir um texro da Biblioteca Digital de Ciência, que vocês podem acessar no endereço www.ib.unicamp.br/lte/v2/dadosdomaterial.php?idmaterial=418

 

Identificação: o gênero Sporophila compreende mais de 25 espécies em nosso país. Estas espécies são conhecidas popularmente como “papa-capins”. As fêmeas da maioria destas espécies são pardas e praticamente impossíveis de serem distinguidas. Já os machos apresentam padrões de coloração mais típicos. O coleiro-baiano se diferencia de todas as outras espécies do gênero pela região negra que vai desde o peito até a face e pelas partes superiores marrom escuras. Só a região da barriga é clara.

De hábitos muito semelhantes aos dos outros papa-capins (ver Sporophila lineola e S. caerulescens neste site), com os quais chega a formar bandos mistos fora da época reprodutiva, o coleiro-baiano, também é chamado de coleirinho-macaco ou papa-capim-de-peito-preto. O nome “baiano” não é muito apropriado, já que esta espécie se distribui pela maior parte dos estados brasileiros e até mesmo outros países, não só na Bahia como o nome indica. Por outro lado é fato que esta espécie é muito comum na Bahia e nos estados fronteiriços.

Não costuma chegar tão perto de áreas urbanas quanto o coleirinho ou o bigodinho, mas pode ser comum em fazendas.

Não é o papa-capim mais popular quando o assunto é criação de aves em cativeiro, mas há criadores que apreciam muito esta espécie.

Seu canto lembra o do coleirinho, porém é menos melodioso.

Na época da reprodução o casal se isola do grupo. O ninho é uma tigela rasa feita de gramíneas. A fêmea põe dois ou três ovos.

Enviado em 20/02/2007 às 02:52 por Rodrigo Girardi Santiago

A seguir um texto da Wikipedia:

Sporophila nigricollis tem os hábitos reprotutivos e características biológicas e de alimentação parecidos com os S. caerulescens. As fêmeas e os filhotes são idênticos, havendo entre os machos adultos clara distinção entre as duas espécies, já que o S. nigricollis não possui a gravata sub-mandibular. Assim como acontece com o S. caerulescens, o S. nigricollis possui uma ampla variedade de dialetos, variando conforme a região observada.

O período de reprodução normalmente compreende a primavera e o verão, quando as fêmeas fazem os ninhos em pequenos arbustus,onde podem ser vistos 2 ou 3 ovos. O período de incubação geralmente compreende 13 dias. Neste período, o casal pode ser altamente territorialista. Fora do períoso reprodutivo, podem ser vistos em pequenos bandos.

 

A text in english from www.arthurgrosset.com/sabirds/yellow-belliedseedeater.html

The Yellow-bellied Seedeater is found from Costa Rica to Bolivia and Brazil but does not occur in the central Amazon Basin. This is due to its habitat requirements which are grassy or shrubby clearings and agricultural land.

The English name is a slight misnomer since the belly of the male tends to be very pale yellow verging on the white. It has a black hood and olive-brown upperparts. The male's bill is light blue-grey in contrast to that of the female whose bill is dark. The female is light brown and yellowish below.

19,238 views
6 faves
24 comments
Taken on March 21, 2008