new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Homage to a dog | by Edu Rickes
Back to group

Homage to a dog

"O único amigo absolutamente altruísta que o homem pode ter neste mundo egoísta, o único que nunca lhe abandona, o único que nunca se prova ingrato ou falso é seu cão.

 

O cão de um homem permanece a seu lado na prosperidade e na pobreza, na saúde e na doença.

Ele dormirá no chão frio, onde os ventos gelados do inverno sopram e a neve cai intensamente, só para poder estar perto, ao lado do dono.

Ele beijará a mão que não tem comida alguma para oferecer.

Lamberá as feridas e machucados que surgem em um encontro com a rispidez do mundo.

Guardará o sono de seu pobre dono como se ele fosse um príncipe. Quando todos os outros amigos o abandonam, ele permanece.

 

Quando a riqueza vai embora e a reputação se estraçalha, ele é tão constante em seu amor quanto o Sol em sua jornada pelos céus.

 

Se o destino conduz o dono à marginalidade no mundo, sem amigos e sem lar, o fiel cão não pede mais privilégios do que o de acompanhá-lo, guardá-lo contra o perigo, lutar contra seus inimigos.

 

E, quando chega a última de todas as cenas, e o fim leva o dono em seu abraço, e todo o seu corpo está deitado no chão frio, não interessa se os outros amigos seguem o seu caminho. Ali, ao lado do túmulo, o nobre cão será encontrado com a cabeça entre as patas, os olhos tristes mas abertos, em completo alerta, fiel e verdadeiro até mesmo na morte"

 

George Graham Vest

 

2,150 views
12 faves
41 comments
Taken on October 16, 2010