flickr-free-ic3d pan white

Céu pampeano

“...Corredor, rumo e distância,

amanhecer e sol poente,

vento e chuva sobre o poncho,

cantar de sanga corrente

que, às vezes, chora o destino

de haver deixado a vertente... “

 

Fragmento de “Meu canto”, de Eron Vaz Mattos

Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

 

15,835 views
104 faves
231 comments
Taken on February 8, 2010