new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa, Portugal | by Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian
Back to album

Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa, Portugal

Sala de Saxe.

Esta sala é assim conhecida pela decoração em porcelana da Manufactura de Meissen , no antigo eleitorado de Saxe, na Alemanha. A porcelana está presente não só nas múltiplas figuras decorativas como também em todas as peças de mobiliário.

O tecto de estuque foi decorado com modelos de flores, pássaros e borboletas das colecções do rei D. Luís.

Esta divisão servia de ante-câmara aos aposentos privados da rainha D. Maria Pia.

(Fonte: Itinerário: Palácio Nacional da Ajuda. Lisboa: IPPC, 1988, pp. 28-29).

 

Fotografia sem data. Produzida durante a actividade do Estúdio Mário Novais: 1933-1983.

 

Palácio Nacional da Ajuda

Implantado no local onde a família real portuguesa construiu a "Real Barraca" após o terramoto de 1755, assim designada por ser de madeira, o Palácio da Ajuda iniciou-se em 1795 segundo um projecto de Manuel Caetano de Sousa. Pouco depois o plano sofreria uma evolução significativa, com a introdução da estética neo-clássica e as novas formulações dos arquitectos Francisco Xavier Fabri e José da Costa e Silva.

Apesar da magnificência do plano e dos avultados recursos financeiros, o Palácio foi habitado com muitas interrupções, até que D. Luís aqui se instalou definitivamente. Sua mulher, D. Maria Pia de Sabóia, empreendeu então obras de actualização estética, contratando para tal Joaquim Possidónio Narciso da Silva, que dotou o Palácio de novos espaços exóticos e outros de carácter funcional. Encerrado após a implantação da República, foi parcialmente transformado em Museu em 1968, servindo ainda como sede do Ministério da Cultura. (Fonte: IPPAR)

 

CFT003 121205.ic

3,836 views
0 faves
0 comments
Taken on July 11, 2006