new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Suécia - Malmo - Esta é a terceira maior cidade da Suécia e a terra da ponte do Oresund, uma das mais notáveis obras de engenharia do século XX que liga o País à Dinamarca sobre o estreito de Oresund. | by FOTOGRAFIAS COM HISTÓRIA
Back to photostream

Suécia - Malmo - Esta é a terceira maior cidade da Suécia e a terra da ponte do Oresund, uma das mais notáveis obras de engenharia do século XX que liga o País à Dinamarca sobre o estreito de Oresund.

A cidade de Malmo, devastada por um passado industrial, é hoje conhecida por a sua universidade e os seus prédios verdes. Malmo foi uma das primeiras e mais industrializadas cidades da Escandinávia, mas teve de fazer um enorme esforça para se adaptar ao pós-industrialismo. Desde a construção da ponte de Oresund, Malmo sofreu uma grande transformação com a evolução arquitetónica, atraindo nova biotecnologia e empresas de topo e particularmente, alunos de todo o mundo para a Universidade de Malmo, fundada em 1998. A cidade tem muitos edifícios históricos e belíssimos parques naturais que fazem dela uma cidade verde e bastante atrativa para se viver.

Como é belo o entardecer na cidade de Malmo, um entardecer que na maioria das vezes nos passa completamente ao lado, tal é a nossa ânsia de viver, um momento que deveria ser vivido com a mesma intensidade com que se vivem as grandes ocasiões da nossa vida. O pôr-do-sol é normalmente mais brilhante do que o nascer do sol, pois a matiz do vermelho e laranja são mais intensas e vibrantes. A atmosfera responde de diversas formas à exposição da luz solar, em particular, no final do dia, pois a atmosfera tende a reter uma quantidade maior de partículas em suspensão do que no início do dia. Durante o dia, o sol aquece a superfície terrestre, diminuindo assim a humidade do ar e aumentando a velocidade e a turbulência dos ventos, o que acaba por levantar a poeira para o ar. Contudo, as diferenças entre o nascer do sol e o pôr-do-sol, em alguns casos, também dependem das peculiaridades geográficas do local de onde o evento está a ser observado.

Aqui em Malmo, o entardecer de repente tornou-se diferente, mais belo e chamativo que o habitual, mais mágico e encantador, mais atrativo luminoso e delicado, talvez por ter sido o pôr-do-sol mais a norte da Europa que tenhamos presenciado. Diz a ciência que a luz do Sol sofre um desvio gerado pela atmosfera, por isso, o sol ainda pode ser visto depois de já estar atrás do horizonte físico. Este efeito também se manifesta durante o nascer do sol. Outra curiosidade gerada pela distorção da luz solar pela atmosfera é que o sol também aparenta ser maior no horizonte, uma ilusão de ótica similar a que ocorre com a Lua.

 

PLEASE NOTE:

Copyright © Anselmo Sousa

All images and texts are copyrighted, with all rights reserved. Please do not use, copy or edit any of my images or text without my written permission. If you want to use my texts or photographs please contact this address. asousacar@clix.pt

101,037 views
1,450 faves
1,835 comments
Taken on August 12, 2012