7º Prêmio Brasil Ambiental
A Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (Amcham Rio), por meio de seu Comitê de Meio Ambiente, entregou na noite da última quinta-feira, dia 8 de dezembro, no Salão Nobre da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, o 7º Prêmio Brasil Ambiental aos melhores trabalhos inscritos. O evento tem como objetivo estimular ações e reconhecer o mérito de projetos de preservação do meio ambiente. Foram inscritos 37 projetos em sete categorias. O diretor presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, foi o palestrante convidado. Ele destacou a importância da realização do Prêmio Brasil Ambiental e da continuidade da discussão do tema, que este ano foi a Água e sua importância no desenvolvimento sustentável: "Um evento desta natureza sinaliza que a questão ambiental é irreversível no que diz respeito ao mundo globalizado". Na categoria Gestão Sustentável a vencedora foi a Eletrobras Eletronuclear S.A. com o projeto "Gestão Ambiental e de Resíduos". O troféu foi entregue, ao gerente de Planejamento Estratégico da empresa, Marcelo Gomes.

Na categoria Inovação Ambiental a vencedora foi a Petrobras com o projeto “Avaliação de Tecnologia visando ao reuso de efluentes de refinaria de petróleo”. O troféu foi entregue à engenheira de Meio Ambiente, Andréa Azevedo Veiga.

Na categoria Inventário de Emissões a vencedora foi a Fetranspor com o projeto “Biodiesel B20 – o Rio de Janeiro anda na frente”. O troféu foi entregue à coordenadora de Meio Ambiente a empresa, Giselle Ribeiro.

Na categoria Preservação e Manejo de Ecossistemas a vencedora foi a Tractebel Energia com o projeto “Conservação da Biodiversidade no Alto Uruguai”. O troféu foi entregue ao gerente de Meio Ambiente, José Lourival Magri.

Na categoria Responsabilidade Socioambiental a vencedora foi a Samarco Mineração com o projeto “ Taboa Lagoa – Gestão Compartilhada de Recursos Hídricos”. O troféu foi entregue ao gerente corporativo de Meio Ambiente da empresa, Paulo Cezar de Siqueira Silva.

Na categoria Uso Racional de Recursos Hídricos, a vencedora foi a Tractebel Energia pelo projeto “Implantação de um Sistema de ciclo fechado para utilização da água na extração de cinzas úmidas do complexo termelétrico Jorge Lacerda”. O troféu foi ao gerente de Meio Ambiente da empresa, José Lourival Magri.

Na categoria Texto Jornalístico a vencedora foi o Canal Energia pelo projeto Hidreletricidade: Sustentabilidade e Desenvolvimento. O troféu foi à sub-editora, Carolina Medeiros.

www.premiobrasilambiental.com
42 photos · 493 views