flickr-free-ic3d pan white

EU DIGO NÃO ÀS EXÓTICAS! / I SAY NO TO EXOTICS!

Merganso-capuchinho / Hooded merganser (Lophodytes cucullatus)

Fão, Portugal. (20/12/08)

 

Digo não e explico porquê.

 

Os ecossistemas resultam de um equilíbrio alcançado ao longo de milhões de anos. Na Natureza cada ser vivo ocupa um lugar que não pode ser substituido por qualquer outro, até porque todos são diferentes.

 

A introdução de um ser vivo estranho (seja ave, planta, ou outro...) representa uma ameaça para os restantes seres do ecossistema, provocando rupturas, desequilíbrios e possíveis extinções de espécies autóctones.

 

A presença de exóticos pode ser agradável à vista e como fotógrafo também não lhes resisto (mesmo vendo-me obrigado a a fotografar a 800 ISO).

 

Nos tempos actuais os animais e as plantas já têm de ultrapassar imensas adversidades... desde a destruição de habitats por excesso de ocupação humana, perseguição devido à avidez humana, alterações climáticas, agricultura intensiva, poluição, etc, etc.

 

Não seja mais um e mentalize-se. Um dia talvez já só hajam exóticas em Portugal!

705 views
12 faves
27 comments
Taken on December 19, 2008