new icn messageflickr-free-ic3d pan white
Saí-azul  (Dacnis cayana)  -  Blue Dacnis | by Marcus Vinicius Lameiras
Back to photostream

Saí-azul (Dacnis cayana) - Blue Dacnis

Local: Parque Estadual do Grajaú (RJ)

 

 

Classificação científica

 

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Passeriformes

SubOrdem: Passeri

Parvordem: Passerida

Família: Thraupidae

 

Mede aproximadamente 13 cm de comprimento e pesa, em média, 16 gramas. Apresenta acentuado dimorfismo sexual: o macho é azul e negro, com as pernas vermelho-claras, enquanto a fêmea é verde, com a cabeça azulada e pernas alaranjadas. Seu canto é um gorjear fraco.

 

Alimentação

 

Alimenta-se de néctar, insetos e frutas. Aprecia os frutos da Tapiá ou Iricuruna (Alchornea glandulosa).

 

Reprodução

 

Atinge a maturidade sexual aos 12 meses. Reproduz na primavera e no verão. O ninho é uma taça profunda, feita de fibras finas, colocado de 5 a 7 m do solo, entre as folhas externas de uma árvore. A construção do ninho é tarefa da fêmea, que é protegida pelo macho contra intrusos. Os 2 ou 3 ovos são esbranquiçados ou branco-esverdeados com manchas cinza-claras e são incubados pela fêmea. Durante este período ela é, às vezes, alimentada pelo macho. Os filhotes são alimentados pelo casal e permanecem no ninho cerca de 13 dias. Costuma ter de 2 a 4 ninhadas por temporada.

 

Hábitos

 

É comum em bordas de florestas, capoeiras arbóreas, campos com árvores esparsas, florestas secas e de galeria. Vive normalmente aos pares ou em pequenos grupos, procurando insetos ativamente na folhagem ou alimentando-se de frutos em árvores e arbustos. Vive à beira da mata em várias altitudes, copas de mata alta. Costuma aparecer em pequenos bandos mistos com Cyanerpes e Tangara.

 

Distribuição Geográfica

 

Ocorre em todas regiões do Brasil. Encontrado também de Honduras ao Panamá e em quase todos os países da América do Sul, com exceção do Chile e Uruguai.

 

Fonte: Wikiaves

2,310 views
7 faves
18 comments
Taken on June 7, 2012