FERREIRA DO ZÊZERE
Ferreira do Zêzere

Município português pertencente ao distrito de Santarém, compreendendo 9 freguesias (Águas Belas, Areias, Beco, Chãos, Dornes, Ferreira do Zêzere, Igreja Nova do Sobral, Paio Mendes e Pias). Em termos demográficos, a população, em 1991, era constituída por cerca de 10 000 residentes para uma área bruta de 189 km2, e a variação da população residente entre 1960 e 1991 foi de -37%.

A economia municipal assenta na agro-pecuária e, sobretudo, na silvicultura, destacando-se ainda a administração local.

Localizada na margem direita do rio Zêzere, a nordeste da cidade de Tomar, a vila de Ferreira do Zêzere é sede de município e registava uma população de cerca de 670 residentes em 1991.

património

O património edificado mais importante inclui a igreja paroquial, o pelourinho de Águas Belas, a capela de São Pedro de Castro, a Casa da Quinta do Adro, os Paços do Concelho (com uma lápide gótica de 1362), as igrejas matrizes de Pias (com colunas toscanas e azulejos do século XVII) e de Dornes (do século XIII), a igreja paroquial de Areias (com pórtico manuelino), o pelourinho de Pias e uma torre edificada pelos Templários, em Dornes. O rio Zêzere constitui o elemento mais significativo do património natural do município.

história

Terá recebido o primeiro foral em 1156, outorgado por Gualdim Pais, mestre da ordem dos Templários. Há notícia de um outro foral, de 1222, atribuído por Pero Ferreira, a quem D. Sancho I doou o senhorio, e de um foral novo concedido por D. Manuel I, em 1517. Pertenceu à ordem dos Templários e, mais tarde, à ordem de Cristo.

As opiniões dividem-se quanto à data de elevação a vila: 1450 (no reinado de D. Afonso V), segundo uns, 1531 (no reinado de D. João III), segundo outros, e há ainda quem a faça coincidir com a concessão do foral manuelino. As invasões francesas são de má memória para o concelho (grandes devastações), que, na sua forma actual, foi instituído em1836.
28 photos · 13,634 views